quinta-feira, 28 de dezembro de 2017

ACERVO MPB ESPECIAL | JORGE VERCILLO | DOMINGO | DIA 31.12.2017 | RÁDIO WEB ACERVO

Jorge Vercillo (1968) é um cantor, compositor e violonista brasileiro. Autor dos sucessos, "Monalisa", "Que Nem Maré", "Final Feliz", "Encontro das Águas", entre outras.
Jorge Luiz Sant'anna Vercillo (1968), conhecido como Jorge Vercillo, nasceu no Rio de Janeiro, no dia 11 de outubro de 1968. Com 15 anos começou a se apresentar nos bares, na vida noturna carioca. Em 1989, representou o Brasil no Festival Internacional de Curaçao, no Caribe, quando conquistou o primeiro lugar com a canção de sua autoria “Alegre”. Em 1990, no mesmo festival, venceu com “No Bay”, cantada no idioma nativo de Curaçao.
Em 1993, lançou seu primeiro CD, “Encontro das Águas”, no qual, a primeira faixa é a música “Alegre”, que cantou no festival. A música título fez parte da trilha sonora da novela Mulheres de Areia, e a música “Praia Nua” entrou na trilha sonora da novela Tropicaliente, ambas da TV Globo. Em 1996, lançou o segundo CD “Em Tudo Que é Belo”, que no ano seguinte foi indicado ao Prêmio Sharp (atual Prêmio da Música Brasileira), na categoria “Melhor Cantor PoP".

Ouça DOMINGO, dia 31 de dezembro de 2017, na Rádio Web Acervo, acesse em www.radiowebacervo.com.br

quinta-feira, 21 de dezembro de 2017

A SUA EMPRESA TEM ESPAÇO PARA GUARDAR TODA A PAPELADA?

A sua empresa tem espaço suficiente para GUARDAR TODA A PAPELADA? Saiba como eliminar documentos de acordo com a legislação. Participe da palestra gratuita PRAZO DE GUARDA DE DOCUMENTOS, no dia 28 de dezembro - VIA INTERNET, 'as 10h00. Inscreva-se em http://ow.ly/DT8n30hmVhU

Cada tipo de documento tem
um prazo de guarda legal.

quarta-feira, 20 de dezembro de 2017

ACERVO MPB ESPECIAL | MILTON NASCIMENTO | DOMINGO, DIA 24.12 | NA RÁDIO WEB ACERVO

Milton Nascimento (1942) é um cantor e compositor brasileiro, um dos maiores nomes da Música Popular Brasileira.
Milton Nascimento (1942) nasceu no Rio de Janeiro, no dia 26 de outubro de 1942. Ainda criança já mostrava interesse pela música. Com dois anos ficou órfão de mãe, passando a morar com a avó em Juiz de Fora, em Minas Gerais. Com seis anos foi morar em Três Pontas com os pais adotivos, o bancário e professor de Matemática Josino Campos e a professora de Música Lília Campos.
Com 13 anos ganhou seu primeiro violão. Aos 15 anos, Milton criou com Wagner Tiso, seu amigo de infância, o grupo vocal Som Imaginário. Logo depois criaram o W’s Boys, com Milton, Wagner, e seus irmãos Wesley e Wanderley. O grupo se apresentava nos bailes da região.
Em 1963, Milton mudou-se para Belo Horizonte, para fazer o vestibular para Economia, mas a música predominou. Na época, formou com Lô Borges, Beto Guedes, Márcio Borges e Fernando Brant, o Clube da Esquina. Em 1966 foi para São Paulo, mas estava difícil conseguir que suas músicas fossem gravadas. A sorte começou a mudar em setembro desse mesmo ano, quando conheceu Elis Regina, que gravou “Canção do Sal”, sua primeira música.
Em 1967, Milton Nascimento teve três músicas classificadas no Festival Internacional da Canção da TV Globo, que consagrou o cantor como o melhor intérprete, e a música “Travessia”, composta em parceria com Fernando Brant, conquistou o segundo lugar no festival. As outras duas canções classificadas foram “Maria, Minha Fé” e “Morro Velho” que ficou em sétimo lugar. Nesse mesmo ano lançou seu primeiro disco solo e realizou diversos shows. Em 1968, deu início à sua carreira internacional, excursionando pelos Estados Unidos, onde gravou o disco “Courage”. Em 1972 lançou, junto com Lô Borges, o álbum “Clube da Esquina”.
Com o sucesso, Milton gravou com Wayne Shorter e Sarah Vaughn e, em 1994, em “Angelus”, reuniu vários convidados internacionais, como o ex-vocalista do grupo inglês Yes, John Anderson. Com uma longa carreira, Milton lançou diversos álbuns e conquistou vários prêmios, entre eles, quatro Grammy. Seu nome esteve diversas vezes na lista dos melhores das publicações “Down Beat” e “Billboard”.
Entre suas músicas de sucesso estão: "Travessia" (1966), "Sentinela" (1969), "Clube da Esquina" (1970), "Cais" (1972), “Nada Será Como Antes” (1972), “Fé Cega, Faca Amolada” (1975), em parceria com Beto Guedes, "Ponta de Areia" (1975, “Maria, Maria” (1979), “Canção da América” (1980), “Caçador de Mim” (1981), “Coração de Estudante” (1983) e “Quem Sabe Isso Quer Dizer Amor” (2002).

Em 2013, o cantor lançou o álbum “Uma Travessia, 50 anos de Carreira Ao Vivo”. Em 2015, Milton Nascimento lançou o CD “Tamarear”, junto com Dudu Lima Trio, uma homenagem aos 35 anos do Projeto Tamar, que trabalha na proteção das tartarugas marinhas. Fonte: https://www.ebiografia.com/milton_nascimento/

ACERVO MPB ESPECIAL | MILTON NASCIMENTO, ouça na Rádio Web Acervo, DOMINGO, dia 24.12.2017, 'as 17h30, acesse www.radiowebacervo.com.br

domingo, 17 de dezembro de 2017

COMO PLANEJAR A ORGANIZAÇÃO DE DOCUMENTOS

*Juan Cacio Peixoto


Segundo o Dicio – Dicionário Online de Português, planejamento é a determinação das etapas, procedimentos ou meios que devem ser usados no desenvolvimento de um trabalho, festa, evento etc.

E na organização de documentos, não é diferente, precisamos planejar cada etapa do trabalho, para que a execução, possa ser executada no momento certo, sem qualquer problemas na sequência do trabalho, a organização requer a preparação de algumas etapas, antes de iniciar a organização dos documentos, ou seja, colocar a “mão na massa”.


Mas, como saber quais são estas etapas? É comum, quando chegamos no Arquivo, nos perguntarmos de vários itens que ainda estão por fazer ou não existem, e com estes questionamento, estamos diagnosticando a situação do Arquivo.

É necessário uma profunda análise para começarmos nas etapas necessárias e saber preparar as etapas estratégicas, antes de iniciar a organização dos documentos.

Estamos falando aqui, na necessidade de realizar o Diagnóstico da Situação Atual, para que possamos conhecer em detalhes os problemas, as necessidades, a metodologia de organização e vários outros itens importantes, precisamos buscar a solução para os diversos tipos de problemas e saber quem poderá nos ajudar no gerenciamento deste projeto.

Mas, como realizar este Diagnóstico?

__Busque informações
Agende com a Direção da empresa, visitas em todas as áreas da empresa, e busque informações, desde o recebimento ou produção do documento até o final do trabalho e seu arquivamento. Cada detalhe, informação, manuseio, arquivamento, digitalização lhe ajudará para definir a metodologia de organização a ser implementada.

  
__Analise as informações
Agrupe todas as informações que foram coletadas no primeiro passo, crie um relatório, analise a fundo cada uma das informações, faça planilhas, crie gráficos e mostre todos os pontos positivos e negativos que foram citados. Os pontos positivos podem reforçar o caminho certo que a empresa já vem traçando.

Apresente as informações coletadas e analisadas ao Gestor do Projeto, reúna inicialmente, as Gerências e apresente o resultado e peça ajuda para implementar o Projeto.

__Identifique as necessidades de melhorias
Nessa etapa, é necessário levantar e reunir os fatores que estão causando problemas, além de identificar em cada problema, as principais causas que geram todas as necessidades de melhoria que a empresa precisa se atentar.

Fique atento aos seguintes itens:
  • ·         Capacitação da equipe;
  • ·         Volume de documentos;
  • ·         Espaço físico;
  • ·         Gerenciamento Eletrônico de Documentos;
  • ·         Inventário;
  • ·         Indexação;

E muitos outros itens que contribuirão para o bom levantamento da situação da documentação, para que você possa implementar o Sistema de Arquivo, de acordo com as reais necessidades da empresa.


*Bibliotecário da Acervo Organização e Guarda de Documentos, para saber mais, acesse www.acervo.com.br

O que é PRESCRIÇÃO?

É a perda do direito de exigir processualmente a solução de um conflito jurídico, em razão do prazo legal legalmente estabelecido. Também define como perda do direito de ação. Fonte: Glossário Jurídico STF. Saiba mais em http://ow.ly/Jh5P30hh5JA

sábado, 16 de dezembro de 2017

BANDA ANJOS DE RESGATE | DOMINGO | NA RÁDIO WEB ACERVO

Percorrendo todo o Brasil, Anjos de Resgate é um fenômeno que já vendeu cerca de 1 milhão de cópias, conquistando 6 discos de ouro, 2 discos de platina, 1 disco de platina duplo, 2 DVDs de ouro, sendo a primeira banda a receber a premiação de DVD de ouro na história da música católica
Mantendo a sua tradição de inovação e qualidade, a banda inova com mais uma obra lançando o CD Inspiração.
O CD nasceu de um momento forte de renovação que penetrou em toda banda, a entrada de Diego Tiguez foi parte desse processo, valorizando suas raízes, estilo musical e letras que marcaram esses 15 anos de história da banda.
“Inspiração” traz uma nova marca em qualidade musical, dentro da sequência de música católica no Brasil;
“Demos tudo que tínhamos de melhor para produzir as músicas que nos foram inspiradas, com a qualidade que éramos capazes de tocar, cantar, gravar e reproduzir.”
Assim como você inspira o ar, que esse CD ajude a inspirar o amor que fortalece a sua vida, o amor que vem de Deus, o amor que nasce a cada dia e impulsiona a viver a alegria da caminhada. Fonte: http://anjosderesgate.com.br/Banda



Acesse, ouça e compartilhe, neste DOMINGO dia 17 de dezembro a partir das 07h00, com reprise 'as 23h00 em www.radiowebacervo.com.br

sexta-feira, 15 de dezembro de 2017

AGENDA ACERVO DE CURSOS | 2018

AGENDA ACERVO DE CURSOS | 2018. Anote em sua programação, já temos cursos agendados para 2018, para o seu crescimento profissional. Acesse, inscreva-se e compartilhe em sua rede social www.acervo.com.br

quinta-feira, 14 de dezembro de 2017

MARISA MONTE | DOMINGO | NA RÁDIO WEB ACERVO


Marisa de Azevedo Monte (Rio de Janeiro, 1 de julho de 1967) é uma consagrada cantora, compositora e produtora musical brasileira


Biografia
Estudou canto, piano e bateria na infância. Na adolescência participou do musical Rock Horror Show, dirigido por Miguel Falabella, com alunos do Colégio Andrews, mas nunca abandonou o estudo de canto lírico, iniciado aos catorze anos.



Aos dezenove, mudou-se para a Itália, mais especificamente para Roma, onde durante dez meses estudou belcanto, do qual desistiu em seguida, passando a fazer apresentações em bares e casas noturnas cantando música brasileira acompanhada de amigos. Um desses espetáculos foi assistido pelo produtor musical Nelson Motta, que se tornou diretor do primeiro show no Rio de Janeiro, em 1987. O show Veludo Azul teve temporadas no Rio e em São Paulo e despertou o interesse das gravadoras.



Marisa Monte já fazia muito sucesso de público e crítica antes de ter o primeiro disco gravado, o que só veio a acontecer com Marisa Monte ao Vivo (1988). A este disco com repertório eclético, pertence o primeiro grande sucesso, Bem que Se Quis (versão de Nelson Motta para a E Po' Che Fa do compositor italiano Pino Daniele), que foi executado exaustivamente nas emissoras radiofônicas brasileiras e fez parte da trilha sonora da novela da Rede Globo O Salvador da Pátria, de Lauro César Muniz (1989). O disco seguinte, Mais (1991), introduziu-a no mercado internacional e a apresentou como compositora; a partir daí, prosseguiu com dois discos: o elogiado Verde, Anil, Amarelo, Cor-de-rosa e Carvão (1994), considerado por muitos o melhor álbum da carreira, e o duplo Barulhinho Bom (1996), que trazia regravações dos antigos sucessos entre outras canções inéditas e consagradas, resultado do show originado do álbum de estúdio anterior. Barulhinho Bom também provocou grande polêmica pela capa, um desenho do artista pornô-naif Carlos Zéfiro, censurada nos EUA. Este CD marcou uma aproximação maior com o mundo do samba carioca, com as diversas escolas e gerações.



Adotando uma postura cool, Marisa Monte procura evitar a superexposição na mídia, e mantém-se afastada dos meios de comunicação quando não está em turnê de lançamento de um disco novo. Lançou o próprio selo, a Phonomotor, e apresenta-se também ao lado da Velha Guarda da Portela, tendo produzido e participado do CD Tudo Azul (2000) e o documentário selecionado para mostra no Festival de Cannes, O Mistério do Samba (2008). Como produtora, atuou também em Omelete Man (1998), disco de Carlinhos Brown. No fim de 2002, Marisa lança o CD e DVD Tribalistas, projeto idealizado por ela e os parceiros Arnaldo Antunes e Carlinhos Brown, que ultrapassou a marca de mais de um milhão de cópias vendidas no Brasil.



Em 2000 Marisa lança o CD Memórias, Crônicas e Declarações de Amor, centrado no tema do amor e muito aclamado pela crítica. A turnê do álbum durou aproximadamente um ano e gerou o DVD homônimo com os melhores momentos do show.



Após quase cinco anos sem aparições relevantes Marisa voltou no primeiro semestre de 2006, quando lançou simultaneamente dois discos Infinito Particular e Universo Ao Meu Redor, dedicados a canções inéditas do samba e da MPB no que resulta na criação da turnê Universo Particular.



Entre as gravações mais representativas da carreira de Marisa Monte, e para toda a MPB, estão, entre outras: Segue o seco, Pétalas esquecidas, Give me love, Bem que se quis, Infinito Particular, De mais ninguém, Vai saber?, De noite na cama, Maria de verdade, Rosa, Speak low, A lenda da sereias, Dança da solidão, Pelo tempo que durar, Vilarejo, Preciso me encontrar, Balança Pema, Para ver as meninas, Volte para o seu lar, A primeira pedra, Negro gato, Lágrimas e tormentos, Aconteceu, Panis et circensis, Não é proibido (atualmente esta na 3 semana em 1 lugara na Hot100 Brasil) e Cinco minutos.carece de fontes?



Em dezenove anos de carreira, Marisa vendeu mais de nove milhões de discos no Brasil e no exterior.



Sua nova música Não é Proibido alcançou o topo das paradas do Hot 100 Brasil e ficou lá por 3 semanas, fazendo dela uma cantora muito popular entre a massa.



Acesse, ouça e compartilhe, neste DOMINGO dia 17 de dezembro/DOMINGO a partir das 17h30 em www.radiowebacervo.com.br

Dicas 5s | SENSO DE AUTODISCIPLINA

SENSO DE AUTODISCIPLINA Interesse pelo melhoramento contínuo das pessoas e dos processos para todos crescerem como seres humanos profissionais. Organize Mais e Melhor. ACERVO 24 anos. Saiba mais em www.acervo.com.br

quarta-feira, 13 de dezembro de 2017

PALESTRA GRATUITA VIA INTERNET | COMO ORGANIZAR ARQUIVOS EM EMPRESA PRIVADA

TRANSMISSÃO através da Rádio Web Acervo, da palestra COMO ORGANIZAR ARQUIVOS EM EMPRESA PRIVADA. dia 14 de dezembro/QUINTA-FEIRA, 'as 10h00. Acesse, ouça e compartilhe em www.radiowebacervo.com.br

Dicas 5s | SENSO DE TREINAMENTO

SENSO DE TREINAMENTO. Conhecimento, aprimoramento e ensino. Organize Mais e Melhor. ACERVO 24 anos. Saiba mais em www.acervo.com.br

terça-feira, 12 de dezembro de 2017

Dicas 5s | SENSO DE ORGANIZAÇÃO

SENSO DE ORGANIZAÇÃO. Economizar tempo, diminuir o cansaço físico e facilitar a busca por objetivos e documentos. Organize Mais e Melhor. ACERVO 24 anos. Saiba mais em www.acervo.com.br

segunda-feira, 11 de dezembro de 2017

DICAS DE 5s | SENSO DE PADRONIZAÇÃO E SAÚDE

SENSO DE PADRONIZAÇÃO E SAÚDE. Definir qual o padrão ideal para o ambiente de trabalho, buscando como objetivo a melhoria da qualidade de vida do trabalho. Organize Mais e Melhor. ACERVO 24 anos. sAIBA mais em www.acervo.com.br

domingo, 10 de dezembro de 2017

MARINA LIMA ESPECIAL | DOMINGO | NA RÁDIO WEB ACERVO


Marina Correia Lima (Rio de Janeiro, 17 de setembro de 1955) é uma cantora e compositora brasileira. Filha de pais nordestinos; irmã de Roberto, que seguiu a mesma carreira do pai, e Antônio Cícero, poeta e filósofo.


Primeiros sucessos

Marina morou nos Estados Unidos durante a infância e o início da adolescência. Neste período ganhara um violão do pai, como um pretexto para sentir menos falta do país natal. Iniciou a carreira em 1977, quando teve uma canção gravada por Gal Costa, Meu Doce Amor. Decidiu musicar um dos poemas do irmão mais velho, Antônio Cícero e obteve reconhecimento.

Estabelecida essa conexão "emocional", Marina e Cícero esqueceram antigas divergências ocasionadas pela idade e, a partir de então, trilhariam uma parceria de sucesso. De volta ao Rio de Janeiro, assina um contrato e lança o primeiro LP, Simples Como Fogo em 1979. No começo dos anos 90, assina como Marina Lima, e não apenas Marina. Fonte: www.letras.com.br


Acesse, ouça e compartilhe, neste DOMINGO dia 10 de dezembro/DOMINGO a partir das 17h30 em www.radiowebacervo.com.br





domingo, 3 de dezembro de 2017

COMO ORGANIZAR ARQUIVOS EM EMPRESA PRIVADA

Juan Cacio Peixoto*

Nenhuma empresa poderá sobreviver se não possuir um intercâmbio de informações, qualquer que seja a área em que atue, porque viverá em um mundo que se encontra em uma fase de evolução, transição e transformação que afeta o indivíduo, a empresa e a própria sociedade.

Todo Arquivo deve ser idealizado com a finalidade de atender ‘as necessidades da empresa, e o primeiro problema é definir essas necessidades.

Dentro da empresa existe, portanto, a necessidade de se definir o processo de fixação de tecnologia, através das áreas de pesquisas, planejamento e de montagem de uma infra-estrutura apropriada, geradora de documentos atuais dentro da área em que opera.

Existe, principalmente, a necessidade da centralização da informação e documentação, a fim de que os colaboradores que manipulam essa informação, dirijam-na, sob um critério padrão e responsável, a um mesmo objetivo que compreenderá a racionalização do trabalho do profissional da informação, a fim de que a informação chegue rápida, concisa e eficiente ‘aqueles que dela necessitam, e a centralização da informação e documentação fazendo com que a recuperação seja mais rápida e eficiente.
Implantação do Arquivo Central, na Fundação Parque
Tecnológico  Itaipu | FPTI em Foz do Iguaçu - PR.

Existe também a necessidade de uniformização de linguagem, classificação, manipulação e codificação das informações, o que resolveria o problema de recuperação das mesmas.

Deve-se considerar todos os tipos de documentos e todas as etapas de seu ciclo, não basta definir onde serão guardados os documentos, mas deve, também, preocupar-se com a forma de registro e acompanhamento de seu trâmite.

Preocupar com a organização do Arquivo, principalmente quando integrado a um sistema de racionalização de procedimentos, confere mais eficiência ‘as ações da empresa, passando a dispor de informações necessárias ‘a administração, reduzindo o desperdício de recursos humanos, materiais e financeiros, podendo ser ampliada a capacidade de ação empresarial.

Seguindo simples etapas de organização, ao final do trabalho, sua empresa obterá resultados bastante satisfatórios, a localização de documentos não será mais problema, a metodologia de organização padronizada e acúmulo desnecessário de documentos armazenados, foi totalmente eliminado com a definição dos prazos legais de guarda de cada item documental.



Etapa 1- Planejamento
Na construção de um arquivo, o processo básico de planejamento é enormemente complicado pela complexidade das funções envolvidas, pela variedade de materiais a serem guardados e protegidos, pelas necessidades dos funcionários e usuários, pelas condições ambientais a serem mantidas e por inúmeras outras considerações.

Um bom planejamento requer tempo, esforço, estudo, paciência e vigilância constante, a fim de que o resultado final corresponda ao valor do investimento.

Etapa 2- Definição do espaço físico
Escolher o local para abrigar o arquivo da empresa, deverão ser avaliadas todas as necessidades para a sua adequação às novas necessidades, tanto física como estrutural.

Avaliadas as condições atuais serão identificadas às necessidades básicas para abrigar um quadro funcional que futuramente se utilizará à área.

Devido a grande concentração de carga que uma área de arquivo possui, os cuidados para uma avaliação estrutural deverão ser considerados. Desta forma, os obstáculos deverão ser também considerados, tais como escadas, rampas, elevadores e outros, que dificultem a movimentação dos volumes.


Etapa 3- Prazo de guarda de documentos
Com o acompanhamento do vai-e-vem da legislação brasileira, este prazo representa para cada departamento da empresa, uma ordenação de sua produção documental, com a identificação de documento que devem ter tempo de guarda específico, possibilitando a distinção entre os documentos de guarda temporária dos de guarda permanente, originado-se a eliminação da papelada inútil com a conseqüente liberação de espaços.

Etapa 4- Metodologia de organização
Carrinho de suporte para transporte de caixas
no Arquivo, utilizado no galpão da ACERVO.
A organização de arquivos inclui a classificação dos documentos, segundo um sistema planejado, o cuidado e a guarda dos mesmos em pastas que os protejam, a circulação controlada, utilizando o Controle de Empréstimo, o uso dos documentos na fase administrativa ativa e a destinação final dos documentos para destruição ou preservação, dependendo do valor que apresentem.

Etapa 5- Digitalização de documentos
A digitalização de documentos consiste na imagem do documento captada através de escaners. Esses equipamentos simplesmente convertem os documentos em papel ou microfilme para uma mídia digital. A imagem gerada é um mapa de bits, não existindo uma codificação por caracteres, diferente da digitação, em que há codificação de cada letra do texto por um teclado.

Etapa 6- Treinamento da equipe
Não deixe de treinar sua equipe na nova metodologia implantada, para garantir a continuidade do Sistema de Arquivo implantado. É o Certificado de Garantia.

Para competir e vencer no mercado, é necessário que a rapidez seja um dos objetivos estratégicos das empresas.

E, nesse contexto, três aspectos precisam receber atenção especial das empresas:

  • O processo produtivo;
  • As informações;
  • As decisões;

A otimização dos fluxos  do setor de produtivo, as informação e tomada de decisão e ainda, a interação entre eles, trará benefícios como:

  • Melhor qualidade;
  • Menor custo;
  • Melhor prazo de entrega;

É importante ressaltar que a rapidez é fruto não somente da otimização desses fluxos ou da interação entre os mesmos, mas produto da soma desses dois fatores, ou seja:
Arquivo Corrente, organizado pela ACERVO
 na Usina Colombo, na cidade de Ariranha - SP.

Rapidez = Fluxo + Integração

Não levam vantagem as empresas que investem em novas tecnologias se esquecendo de introduzir sistemas de produção com rapidez.

As decisões devem ser obtidas a partir de informações garantidas, objetivando um produto novo, eficiente e rápido.



Seria muito produtivo, recuperar todas estas informações, em um ARQUIVO ORGANIZADO.



*Bibliotecário e Sócio da Acervo Organização e Guarda de Documentos, para saber mais, acesse www.acervo.com.br

quarta-feira, 29 de novembro de 2017

ANA CAROLINA ESPECIAL | DOMINGO | NA RÁDIO WEB ACERVO

Ana Carolina Souza (Juiz de Fora9 de setembro de 1974) é uma cantoracompositoraempresáriaarranjadoraprodutora e instrumentista brasileira. Conquistou 4 vezes o Prêmio Multishow de Música Brasileira, 3 vezes o Troféu Imprensa e 1 vez o Prêmio TIM de Música. Seu álbum de estreia foi lançado em 1999, vendendo cinco milhões de discos na carreira e consagrando-se como uma das cantoras que mais vendeu na década de 2000.
O primeiro álbum, Ana Carolina, lançou o single "Garganta", marco na carreira.
Com os sucessivos álbuns lançados, Ana Carolina conta com inúmeras canções de sucesso, dentre as quais: "Quem de Nós Dois", "Encostar Na Tua", "Uma Louca Tempestade", "Rosas" e "Carvão". Em 28 de novembro de 2005, a partir do projeto promovido pela casa de espetáculos "Tom Brasil", Ana Carolina e Seu Jorge lançaram, juntos, um álbum, Ana & Jorge: Ao Vivo, desse, foram extraídas as canções "Pra Rua Me Levar" e, o grande sucesso, "É Isso Aí (The Blower's Daughter)".
Em 2009, a cantora completou 10 anos de carreira, lançando o álbum N9ve.
Em 2015 foi lançado em DVD a gravação do Show #AC, gravado em 25 de outubro de 2014 em São Paulo.
E em 2016, a cantora retomou a parceria com o cantor Seu Jorge, lançando a música "Mais Uma Vez (nós dois)" e saindo com a turnê "Ana & Jorge" pelo Brasil, para alegria dos fãs que esperaram 11 anos para rever essas duas estrelas da música brasileira juntas, novamente. Fonte: Wikipédia

Acesse, ouça e compartilhe, no dia 03 de dezembro/DOMINGO a partir das 17h30 em www.radiowebacervo.com.br

terça-feira, 28 de novembro de 2017

PALESTRA GRATUITA VIA INTERNET: COMO ORGANIZAR ARQUIVOS EM EMPRESA PRIVADA

Acontecerá nesta sex-feira, dia 01 de dezembro, a partir das 10h00, a palestra gratuita "COMO ORGANIZAR ARQUIVOS EM EMPRESA PRIVADA", com objetivos de compartilhar informações de nossas experiências em Gestão de Documentos em empresas privadas.

Com transmissão VIA INTERNET, a palestra é aberta para todos os profissionais que se inscreverem neste link no site da palestra https://goo.gl/NzZCbY

Leia o programa completo da palestra e não deixe sua inscrição para a última hora.

OBJETIVOS
Nenhuma empresa poderá sobreviver se não possuir um intercâmbio de informações, qualquer que seja a área em que atue, porque viverá em um mundo que se encontra em uma fase de evolução, transição e transformação que afeta o indivíduo, a empresa e a própria sociedade.

Todo Arquivo deve ser idealizado com a finalidade de atender ‘as necessidades da empresa, e o primeiro problema é definir essas necessidades.


Dentro da empresa existe, portanto, a necessidade de se definir o processo de fixação de tecnologia, através das áreas de pesquisas, planejamento e de montagem de uma infra-estrutura apropriada, geradora de documentos atuais dentro da área em que opera.

Nesta palestra, você conhecerá as etapas de organização do Arquivo, para facilitar a busca de documentos arquivados.

FACILITADOR
Juan Cacio Peixoto
Bibliotecário e Consultor Organizacional

CARGA HORÁRIA
2 horas

PROGRAMA
1- O Arquivo é o Departamento mais importante da empresa. Ele já foi criado formalmente? Ou é apenas um local de depósito de documentos, sucatas, entulhos, árvore de Natal, bolinhas presépios etc.

2- Conscientize sua equipe, faça palestras de conscientização sobre a importância do Arquivo organizado.

3- O Planejamento é o melhor início, pense em cada etapa de organização. Chegará ao fim com rapidez.

4- Trabalhe com metodologia de organização, alfabético, numérico, por assunto, cores etc. Porém, antes, faça um bom diagnóstico em cada área, ouça os usuários.


5- Arquivo Centralizado ou Descentralizado, avalie a estrutura de sua empresa.

6- Descarte muitos documentos, elimine ao máximo, porém, antes, faça uma boa pesquisa na legislação, muitos tem prazo de guarda definido por lei.

7- Elabore um bom Manual de Procedimentos de Arquivo e treine sua equipe, garantindo a continuidade do trabalho desenvolvido.

8- Convide todos os colaboradores para conhecer o trabalho, divulgue o trabalho no site de sua empresa, jornal interno, envie e-mail, ponha a boca no trombone, é a melhor forma de conscientizar e mudar a cultura da empresa.

Seguindo simples etapas de organização, ao final do trabalho, sua empresa obterá resultados bastante satisfatórios, a localização de documentos não será mais problema, a metodologia de organização padronizada e acúmulo desnecessário de documentos armazenados, foi totalmente eliminado com a definição dos prazos legais de guarda de cada item documental.

Para conhecer toda a nossa agenda de cursos e palestras, acesse www.acervo.com.br

sexta-feira, 24 de novembro de 2017

MARIA BETHÂNIA ESPECIAL | DOMINGO | NA RÁDIO WEB ACERVO

Maria Bethânia Viana Teles Veloso (Santo Amaro18 de junho de 1946) é uma cantora e compositora brasileira.

Na juventude, Maria Bethânia participou de peças teatrais ao lado de seu irmão, o também cantor e compositor Caetano Veloso, e de outros cantores proeminentes da época. Em 1965, mudou-se para o Rio de Janeiro, onde começou sua carreira musical substituindo a cantora Nara Leão no espetáculo Opinião. No mesmo ano, assinou contrato com a gravadora RCA e lançou seu homônimo álbum de estreia.

Com mais de 26 milhões de discos vendidos ao longo de mais de 50 anos de carreira, Bethânia foi eleita em 2012, pela revista Rolling Stone Brasil, como a quinta maior voz da música brasileira.

MARIA BETHÂNIA ESPECIAL | DOMINGO dia 26 de novembro, 'as 17h30 na Rádio Web Acervo. Acesse, ouça e compartilhe em www.radiowebacervo.com.br

segunda-feira, 20 de novembro de 2017

ACERVO | CONHEÇA NOSSA HISTÓRIA DE 24 ANOS

COMO COMEÇAMOS?
A nossa história começou em 1993, prestava serviços como Bibliotecário Autônomo na Companhia Nitro Química Brasileira, empresa do Grupo Votorantim, na cidade de São Paulo | SP, e, a terceirização de serviços estava ganhando relevância no Brasil.

Naquele ano,  atuava no Projeto de Organização da Biblioteca da área de  Segurança Patrimonial, foi solicitado pela NITRO QUÍMICA, a partir deste projeto, trabalhar como Pessoa Jurídica, e em 18 de março de 1993, nasceu a ACERVO Consultoria.

Foi a antecipação de um sonho, que já estava em planejamento, constituir uma empresa para prestar serviços em Gestão de Documentos e Informação

ESTRUTURA INICIAL
Iniciou-se a ACERVO, em meu apartamento residencial de 55 m², na cidade de Guarulhos | SP, nosso telefone era um RAMAL telefônico, atendido pela Portaria do prédio e transferia para o apartamento, onde funcionava a ACERVO

PRIMEIROS CLIENTES
O mercado de Gestão Documental, ainda era desconhecido, com poucas empresas no mercado, começamos a divulgar o trabalho e conquistamos nosso segundo cliente,  a TendTudo Materiais de Construção, empresa do Grupo BR Home Centers, o terceiro a GE Dako, do grupo MABE Brasil, e nossa história começou a acrescentar novos projetos e importantes clientes. 

  

CRESCIMENTO NO MERCADO
Em menos de 02 anos de funcionamento, mudamos a ACERVO para uma sala de 60 m², depois para um salão de 100 m², com crescimento mudamos para 03 galpões de 200 m² cada um. 

ESTRUTURA ATUAL
Atualmente estamos em uma área total de 4.200 m², com 2.700 m² de área construída, com sede na cidade de Guarulhos | SP, prestando todos os serviços da área de Gestão Documental: Organização, guarda e digitalização de arquivos e documentos e outros serviços, que agregam ao trabalho, para oferecer ao CLIENTE, um pacote de serviços prestados, exclusivamente pela ACERVO.

Com o acréscimo de novos serviços, alteramos a razão social para ACERVO Organização e Guarda de Documentos.

Nosso sistema de telefonia é digital, preparada para atender simultaneamente várias ligações e, possuímos TI para atender todos os portes de clientes, e crescimento de acordo com as novas tecnologias do mercado.

Nossos softwares de gerenciamento de documentos, são os mais avançados do mercado de Gestão Documental

SÓCIOS E CONSULTORES
ACERVO é uma empresa familiar, sendo sócios:

  • 02 (dois) Bibliotecários: Juan Cacio Peixoto e Lizete da Penha Ferreira Peixoto;
  • 01 (um) Arquivista: Fábio Ferreira Peixoto;
  • 01 (um) Analista de Sistemas: Felipe Ferreira Peixoto.
  
CLIENTE É NOSSA PRIORIDADE
Um dos grandes diferenciais de nossa empresa, desde os primórdios, foi a dedicação aos clientes, de forma personalizada, de acordo com  suas necessidades e projetos exclusivos de Gestão Documental.

Excelência no Atendimento ao Cliente, é nossa meta 365 dias por ano, sem informação não há tomada de decisão. 

Juan Cacio Peixoto
Bibliotecário e Sócio-fundador da ACERVO