quarta-feira, 26 de novembro de 2014

CBF lança vídeo nos cinemas para divulgar museu da Seleção

Com presença do presidente José Maria Marin, filme de pouco mais de sete minutos mostra história de triunfos do time canarinho ao longo dos anos.


Pelé, Garrincha, Dunga, Barbosa, Neymar... Todos estavam presentes no vídeo de pouco mais de sete minutos que foi lançado na tarde desta quarta-feira, na Barra da Tijuca. O filme, que será exibido em sessões de cinema pelo Brasil, é uma maneira de a CBF divulgar o museu da seleção brasileira, inaugurado pouco antes da Copa do Mundo, na nova sede da entidade, na Zona Oeste do Rio de Janeiro.
No filme, o torcedor poderá sentir um pouco da emoção da seleção brasileira. Seja com vitórias, derrotas ou lances importantes ao longo dos 100 anos de história da equipe nacional. O presidente da CBF, José Maria Marin fez um rápido pronunciamento e lembrou-se da recepção que o time canarinho teve após a vitória por 4 a 0 sobre a Turquia, em Istambul. Os atletas foram aplaudidos após a exibição.
- Queria expressar a nossa alegria, nossa satisfação e dizer que é uma honra fazer essa parceria com o grupo Cinemark. Isso não é uma homenagem à Seleção, mas sim uma homenagem a todas as famílias daqueles jogadores que defenderam o Brasil aqui dentro e, principalmente, lá fora.
Jose Maria Marin lançamento filme (Foto: Marcio Iannacca)Marin participa de lançamento de filme em um shopping do Rio de Janeiro (Foto: Marcio Iannacca)


Após o evento no cinema, os convidados foram levados até a sede da CBF para fazer uma visita ao museu. E para melhorar a visitação do espaço, a entidade fechou uma parceria com o Grupo Águia, que ficou responsável por criar alternativas para os turistas e moradores do Rio de Janeiro visitarem o local.
- Os torcedores poderão conhecer um pouco mais da história do futebol, da história de um dos patrimônios mais queridos que nós brasileiros temos, que é o futebol. Queria convidá-los a fazer essa experiência de conhecer o museu. Sou um fã daquilo que vi o presidente Marin construir aqui – disse Wagner Abrahão, presidente do Grupo Águia.
Fonte: www.globoesporte.globo.com em 26.11.2014