segunda-feira, 13 de agosto de 2012

POLÍCIA FEDERAL RECUPERA FOTOS ANTIGAS ROUBADAS DA BIBLIOTECA NACIONAL

A Polícia Federal recuperou num leilão na Praça da Bandeira, na Zona Norte do Rio, fotos que haviam sido roubadas da Biblioteca Nacional em 2005. As fotos antigas, registros importantes da cidade, estavam prestes a ser leiloadas a lances iniciais que variavam de R$ 30 a R$ 120, conforme mostrou o RJ TV.
Segundo os investigadores, o responsável pelo leilão contou que recebeu as fotos em consignação. Ele está preso e será ouvido pela polícia na próxima semana. Em 2005, segundo a polícia, as fotos foram levadas da biblioteca durante uma greve. Ainda de acordo com a Polícia Federal, foram localizadas também fotografias que foram furtadas do Arquivo Geral da cidade.
A polícia chegou ao leilão por meio de uma denúncia feita por um colecionador. 
“As pessoas têm que perceber que adquirir esse tipo de material é um grande problema, porque um dia ele aparece e aí nós vamos puxar o fio até onde ele tem que ser puxado”, disse o delegado da Polícai federal Fábio Scliar.
Entre as fotos estão imagens da Rua da Carioca em 1911 e a pavimentação da Avenida dos Democráticos, na Zona Norte, numa foto que leva a assinatura de Augusto Malta, fotógrafo oficial do Rio na época em que a cidade era Distrito Federal. Uma foto amarelada do Recife antigo e uma rara imagem de uma missa celebrada em plena Guerra do Paraguai também foram recuperadas. A polícia suspeita que as fotos faziam parte de um álbum dado de presente ao imperador Pedro II.
“Essas imagens são patrimônio da nossa cultura, não têm preço, elas são únicas. Colocá-las num leilão mutiladas, raspadas, adulteradas, não tenho nem palavras”, disse Joaquim Marçal, pesquisador da Biblioteca Nacional.